01.jpg
04.jpg
02.jpg
05.jpg
03.jpg
07.jpg
06.jpg
08.jpg
10.jpg
09.jpg
12.jpg
11.jpg

       Para este apartamento nos foi solicitado que elaborássemos um projeto que desse destaque às obras de arte e itens de design do morador, formadas sobretudo por peças de autoria de artistas brasileiros contemporâneos.

       Com este objetivo, buscamos trabalhar o apartamento de maneira a que a arquitetura auxiliasse nas funções expositivas do espaço, entregando o protagonismo aos quadros e mobiliários inseridos no projeto. Mantivemos as lajes e pilares em concreto aparente, o piso em microcimento, e as paredes em tons neutros, enfocando as intervenções em itens pontuais, que auxiliassem na organização espacial a partir de suas funções de uso e contemplação.

       Como primeiro movimento de projeto, ampliamos a área de convivência do apartamento, demolindo as alvenarias do dormitório 02, assim integrando-o à área social. Uma vez ampliada a sala, a dividimos em duas ambiências, delimitando um estar voltado para a TV e outro voltado para o piano, ambos demarcados pelo sofá em ilha, que se destaca no centro do cômodo. Como apoio à TV, projetamos um painel em madeira em forma de “L”, curvando-o no vértice da parede para que acomodasse uma poltrona de autoria do designer Guilherme Wentz, assim como um dos quadros do acervo. O painel se destaca da laje, permitindo que utilizássemos seu topo como superfície para instalação dos perfis de LED que fazem a iluminação geral do ambiente de maneira indireta.

FICHA TÉCNICA
 
Área do total:  

PROJETO

Arquitetura: 
Projeto de interiores:
Equipe de Projeto: 


Status:
Ano de projeto:
Ano de conclusão:


 
74m² 



OCCA+
OCCA+
Gustavo Engel
Guilherme Erthal

CONCLUÍDO
2020
2021 
 

       Para a parede de fundos da sala, com ampla vista para o skyline de São Paulo, projetamos um banco em alvenaria que tem como objetivo servir como uma superfície versátil, que pode ser utilizada tanto como assento sobressalente, quanto como aparador para exposição de pequenos itens de design, e mesa de apoio para o sofá. Pintamos a parede sobre o banco num tom de grafite num matiz próximo à das esquadrias, retirando o foco da visada de entrada do apartamento da moldura das janelas, e concentrando-o na vista exterior e no quadro de autoria do pintor Leandro Junior, que possui outras obras expostas no acervo.    

       Para o dormitório utilizamos as mesmas estratégias adotadas na área social, replicando o painel em marcenaria como cabeceira com iluminação indireta, girando no vértice da fachada de maneira a encontrar uma estação de trabalho que segue a tonalidade das paredes e das esquadrias.